Melastomataceae na Reserva Ecológica de Macaé de Cima, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil. II – Leandra (Miconieae)

José Fernando Andrade Baumgratz

Resumo


Apresenta-se o estudo taxonômico do gênero Leandra na Reserva Ecológica de Macaé de Cima, tendo sido reconhecidas 35 espécies e três novos sinônimos, além da designação de três lectótipos. Constam uma chave para a identificação das espécies, descrições, ilustrações, dados de distribuição geográfica e comentários sobre particularidades taxonômicas e morfológicas. Leandra aspera, L. atroviridis, L. eriocalyx, L. laxa, L. mollis, L. multisetosa, L. sphaerocarpa e L. tetragona são endêmicas de Macaé de Cima e, juntamente com L. altomacaensis, L. breviflora, L. hirta var. hirta e L. magdalenensis, endêmicas do estado fluminense. Leandra altomacaensis, L. glazioviana, L. riedeliana e L. truncata representam novas ocorrências para a Reserva. Leandra aspera, L. atroviridis, L. multisetosa, L. sphaerocarpa e L. tetragona estão sendo ilustradas pela primeira vez.

Palavras-chave


endemismo, flora, Mata Atlântica, taxonomia, Unidade de Conservação

Texto completo:

PDF


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.