Desmídias (Zygnematophyceae) de hábito filamentoso da região do Vale do Paranã (Goiás, Brasil)

Ina de Souza Nogueira, Vanessa Araújo Jorge, Lorena Lemes Martins Abrantes

Resumo


Resumo

A região do Vale do Paranã faz parte do bioma Cerrado e da bacia Tocantins-Araguaia, no estado de Goiás. O estudo constitui o primeiro trabalho para região e visa apresentar o inventário de desmídias de hábito filamentoso.
Foram coletadas 102 amostras nos períodos de seca e chuva de 2003 através de diferentes métodos. As algas foram
analisadas, microfotografadas e identificadas. A análise qualitativa resultou em 17 táxons. Hyalotheca dissiliens
var. dissiliens f. dissiliens foi mais frequente no período chuvoso, enquanto Spondylosium panduriforme var.
panduriforme f. panduriforme e Spondylosium panduriforme var. limneticum no período seco. Os alagados de
várzea foram os ambientes mais propícios ao desenvolvimento de desmídias, sendo 71% dos táxons, exclusivos deste tipo de ambiente. O ambiente mais rico durante todo período estudado foi um alagado de Formosa com
94,1% dos táxons de desmídias filamentosas. Oito novas citações foram registradas para o estado de Goiás.


Abstract

The region of the Paranã Valley is part of the Cerrado biome and Tocantins-Araguaia basin (Goiás state, Brazil).
The study constitutes the first work for the region and aims to present the inventory of filamentous desmid forms.
102 samples were coleted in the rainy and dry seasons though different methods. The algae had been analyzed and microphotographed and identified. The qualitative analysis resulted in 17 taxa. Hyalotheca dissiliens var.
dissiliens f. dissiliens was most frequent in the rainy while in the dry period Spondylosium panduriforme var.
panduriforme f. panduriforme and Spondylosium panduriforme var. limneticum. The floodplain environment had been most propitious for filamentous desmid and 71% of taxa were exclusive of this environment. The sampling
station of Formosa presented the most specific richness with 94,1% of taxa filamentous desmid. There were registered eight new taxa to the state of Goiás.


Palavras-chave


Desmidiales, bioma Cerrado, taxonomia,Tocantins-Araguaia,Desmidiales, Cerrado biome, taxonomy, Tocantins-Araguaia

Texto completo:

PDF (artigo / paper)


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.