Winteraceae do Rio Grande do Sul, Brasil

Anelise Hertzog, Marco Octávio de Oliveira Pellegrini, Fernanda Santos-Silva

Resumo


Resumo
Winteraceae apresenta cinco gêneros, dos quais apenas Drimys ocorre na região neotropical. A taxonomia das espécies ocorrentes no Brasil ainda é controversa e dependendo do autor, são aceitas de uma a três espécies. O presente trabalho apresenta o estudo taxonômico de Winteraceae no Rio Grande do Sul, e visa esclarecer acerca das espécies da família no estado. Foram feitas revisões de herbários nacionais e internacionais, além de coletas em diversos pontos do estado para o levantamento de dados para o tratamento taxonômico e a análise morfométrica (ANOVA). Com base nas análises morfométricas, dados fenológicos e morfológicos, aceitamos a ocorrência de duas espécies no Rio Grande do Sul: Drimys angustifolia e D. brasiliensis. É fornecida uma chave de identificação, descrições, comentários, fenologia e ilustrações de ambos os táxons.
Palavras-chave: Canellales, Drimys, elemento austro-antártico, Magnoliidae, morfometria.


Abstract
Winteraceae presents five genera, of which only Drimys occurring in the Neotropics. The taxonomy of the Brazilian species is still controversial, and depending on the author, one to three species is accepted. This paper presents the taxonomic study of Winteraceae in the state of Rio Grande do Sul, and aims to elucidate the Winteraceae species for the region. Revision of national and international herbaria, and collections in several places of the state were made in order to gather data for the taxonomic treatment and the morphometrics analysis (ANOVA). Based on the morphometric analyses, phenological and morphological data, two species are accepted for Rio Grande do Sul: Drimys angustifolia and D. brasiliensis. We provide an identification key, descriptions, commentaries, phenology and illustrations for both taxa.
Key words: Canellales, Drimys, Austro-Antarctic element, Magnoliidae, morphometric analysis.


Palavras-chave


Canellales, Drimys, elemento austro-antártico, Magnoliidae, morfometria

Texto completo:

PDF (artigo / paper)


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.