Mudanças na estrutura de um cerradão em um período de seis anos, na transição Cerrado-Floresta Amazônica, Mato Grosso, Brasil

Daniel David Franczak, Beatriz Schwantes Marimon, Ben Hur Marimon-Junior, Henrique Augusto Mews, Leandro Maracahipes, Edmar Almeida de Oliveira

Resumo


Mudanças na vegetação em zonas de transição são ainda pouco estudadas. Foram avaliadas as mudanças na estrutura da vegetação de um cerradão na transição Cerrado-Floresta Amazônica (14º42’2,3”S e 52º21’2,6”W), no leste de Mato Grosso, em um período de seis anos (2002, 2005 e 2008). Em 2002 foram estabelecidas 50 parcelas de 10 × 10 m, medidas todas as árvores com DAS 30 ³ 5 cm e em 2005 e 2008 as parcelas foram reinventariadas. Em 2008 foram amostradas 84 espécies, 70 gêneros e 37 famílias, a densidade absoluta foi de 1.998 indivíduos/ha e a área basal de 25,95 m2.ha-1. A densidade absoluta dos indivíduos vivos diminuiu em relação a 2005 (2.066 ind/ha); em contrapartida, a área basal aumentou em relação a 2005 (23,56 m2.ha-1) e 2002 (1.884 ind/ha e 21,38 m2.ha-1). As espécies com maior valor de importância nos períodos analisados foram Hirtella glandulosa, Tachigali vulgaris e Xylopia aromatica. Com exceção destas três espécies, todas as demais sofreram alterações hierárquicas no valor de importância, indicando que a maioria das espécies está se alternando frequentemente. Como a estrutura da comunidade apresentou mudanças entre os períodos estudados, sugerimos investigações sobre o papel de T. vulgaris nessas mudanças, uma vez que as condições ambientais ocasionadas pela abertura de clareiras em função da queda de indivíduos senis desta espécie pioneira e de ciclo de vida curto podem estar contribuindo na dinâmica da comunidade.

Palavras-chave


alterações estruturais, parcelas permanentes, Tachigali vulgaris

Texto completo:

PDF


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.