Burmanniaceae e Gentianaceae da Usina São José, Igarassu, Pernambuco

Aline Melo, Anderson Alves-Araújo, Marccus Alves

Resumo


O objetivo deste trabalho é o estudo taxonômico das espécies de Burmanniaceae e Gentianaceae encontradas na
Usina São José. As coletas foram realizadas em seis fragmentos florestais entre 2007 e 2009, além do levantamento
dos herbários locais. Foram encontradas três espécies de Burmanniaceae: Apteria aphylla, Gymnosiphon divaricatus
e G. sphaerocarpus; e quatro de Gentianaceae: Coutoubea spicata, Voyria caerulea, V. obconica e V. tenella.
Apenas C. spicata é autótrofa; as demais são mico-heterótrofas. As espécies foram encontradas apenas nos maiores
remanescentes e as espécies mico-heterótrofas mostraram-se potenciais bioindicadoras de ambientes conservados.
Gymnosiphon sphaerocarpus constitui o primeiro registro para o Brasil.

Palavras-chave


Mata Atlântica, mico-heterótrofas, Nordeste do Brasil, saprófitas

Texto completo:

PDF


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.