O gênero Myrcia (Myrtaceae) nos campos rupestres de Minas Gerais, Brasil

Priscila Oliveira Rosa, Rosana Romero

Resumo


Myrtaceae é reconhecidamente uma família de grande importância no bioma Cerrado. Dentre os gêneros da família, Myrcia desponta como um dos mais representativos e com centros de distribuição geográfica nos estados de Minas Gerais e Goiás. O presente estudo revela a ocorrência de 33 espécies de Myrcia nos campos rupestres e fisionomias florestais associadas de Minas Gerais. O presente tratamento para o gênero no estado apresenta chave de identificação, descrições, dados de distribuição geográfica e comentários sobre as espécies. 

The genus Myrcia (Myrtaceae) in “campos rupestres” of Minas Gerais, Brazil

Abstract

Myrtaceae is admittedly a family of great importance in the Cerrado biome. Myrcia is one of the most representative genera of the family, with the main distribution centers in the states of Minas Gerais and Goiás. The current study reveals the occurrence of 33 Myrcia species in the “campos rupestres” and associated forest formations of Minas Gerais. Treatment of the genus includes identification keys, descriptions, geographic distribution data and comments on the species.


Palavras-chave


Cadeia do Espinhaço, Complexo Serra da Canastra, diversidade de Myrcia, Minas Gerais, Myrtaceae, tratamento taxonômico, Espinhaço Chain, Minas Gerais, Myrcia diversity, Serra da Canastra Complex, taxonomic treatment

Texto completo:

PDF


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.