Biologia reprodutiva e flores de óleo em Cipura paludosa (Iridaceae)

Juliana Silva Santos, Sarah Maria Athie, Natan Messias Almeida, Cibele Cardoso Castro

Resumo


Resumo
Cipura paludosa está inserida na família Iridaceae a qual se destaca pela grande diversidade de sistemas de polinização, ofertando recursos como néctar, pólen e óleo. Esse estudo foi conduzido em um fragmento de Mata Atlântica em área urbana, em Recife, Pernambuco. O trabalho teve como objetivo investigar a biologia floral e reprodutiva da herbácea C. paludosa. Foi avaliado o período de abertura floral, receptividade estigmática, deiscência das anteras, número de grãos de pólen e óvulos por flor, morfometria floral, experimentos de autopolinização espontânea e de polinização natural, além da observação de visitantes florais. Cipura paludosa é melitófila, autocompatível, oferece pólen e óleo (produzido em elaióforos tricomados) como recursos e recebe visitas de Plebeia sp. e Augochlora thalia. Por formar poucos frutos espontaneamente, C. paludosa se beneficia dos serviços de polinização para o seu sucesso reprodutivo. A ocorrência de abelhas não especialistas na coleta de óleo pode levar a má qualidade nos serviços de polinização, reduzindo a aptidão da espécie.


Abstract
Cipura paludosa is taxonomically placed in the Iridaceae family which is notable for the diversity of pollination systems, offering resources such as nectar, pollen and oil. The study was conducted within a fragment of Atlantic Forest in Recife, Pernambuco, to investigate the floral and reproductive biology of C. paludosa. The floral opening period, stigmatic receptivity, anther dehiscense, number of pollen grains, ovules per flower and floral morphology were evaluated; experiments regarding to the reproductive system and flower visitor observations were performed. Cipura paludosa is a herbaceous plant with melittophilous and self-compatible flowers, visited by Plebeia sp. and Augochlora thalia. The flower resources produced by C. paludosa were pollen and oil (produced in trichomal elaiophores). To ensure reproductive success Cipura paludosa benefits from pollination services since it produces only a few fruits spontaneously. The presence of bees not specialized in oil collecting may result in poor quality pollination services consequently reducing the species reproductive output.


Palavras-chave


Elaióforos tricomados, serviços de polinização, abelhas não especializadas, autocompatibilidade, Mata Atlântica, Trichomal elaiophores, pollination services, non-specialist bees, self- compatibility, Atlantic forest



Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.