Similaridade florística entre estratos da vegetação em quatro Florestas Estacionais Deciduais na bacia do Rio São Francisco

Anne Priscila Dias Gonzaga, José Roberto Rodrigues Printo, Evandro Luiz Mendonça Machado, Jeanine Maria Felfili

Resumo


Resumo

Este estudo descreveu e comparou a similaridade florística de três estratos de quatro fragmentos de Floresta Estacional Decidual. Os fragmentos estudados estão distribuídos na Bacia do São Francisco, três em Minas Gerais e um na Bahia. A amostragem da vegetação seguiu o protocolo da Rede de Parcelas Permanentes nos biomas Cerrado e Pantanal para os estratos arbóreo, de arvoretas e juvenil. Foram contabilizadas a riqueza de espécies e famílias em cada área e estrato. A similaridade entre os estratos de cada área foi obtida por diagramas de Venn e índices de Jaccard e Czekanowski, já para a análise da similaridade entre os fragmentos, em cada estrato, foram calculados apenas os dois índices. Os quatro fragmentos e os três estratos apresentaram baixa relação florística, ou seja, baixo compartilhamento de espécies. As diferenças entre os estratos podem ser reflexo de variações ambientais ao longo do tempo, assim como da capacidade de reprodução das espécies dos estratos superiores. Já as diferenças entre as áreas devem-se à distribuição geográfica, que gera variações ambientais, as quais podem estar favorecendo a ocorrência de espécies adaptadas às condições de cada fragmento, contribuindo para uma composição florística diferenciada. Além disso, os contatos vegetacionais (ecótonos) provavelmente também contribuíram para as diferenças florísticas observadas.

Floristic similarity between strata of vegetation in four Deciduous Seasonal Forest in São Francisco River

Abstract

This study described and compared the floristic similarity in four Deciduous Seasonal Forest fragments, and assessed the floristic relations between the tree (adult), the treelet and the sapling stratum. The fragments studied are distributed in Minas Gerais State and in Bahia State, Brazil. The vegetation sampling method followed the protocol of the “Rede de Parcelas Permanentes nos biomas Cerrado e Pantanal” for the tree, treelet and sapling strata. The floristic similarity between the fragments was obtained based on Jaccard and Czekanowski indices. Besides the similarity indices, Venn diagrams were drawn for the strata within each area. The four fragments and the three strata of each fragment presented low degrees of species sharing. The floristic differences among the strata may be due to environmental variations throughout time as well as the reproductive capacity of the species differentiated among the years. Besides the geographic distance (neutral theory), the environmental variations between the areas and the vegetation contacts (ecotones) with other biomes may have favored the occurrence of species adapted to the conditions of each fragment, which contributed to the distinct floristic composition. 


Palavras-chave


padrões florísticos, heterogeneidade ambiental, variação entre estratos, floristic patterns, environmental heterogeneity, variation between strata



Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.