Subsídios para a gestão de jardins botânicos no Brasil – o caso do Jardim Botânico Adolpho Ducke de Manaus

Antonia Lucia Fernandes Barroso, Rita de Cássia Guimarães Mesquisa

Resumo


Independente de sua forma de administração, para atingir seus objetivos, os jardins botânicos precisam estar amparados em instrumentos de gestão que orientem as ações a serem implementadas, e traduzam as expectativas e necessidades de seus visitantes em programas e projetos. O estudo se propôs a apresentar subsídios para nortear a gestão do Jardim Botânico Adolpho Ducke de Manaus, baseado na percepção, nas demandas e expectativas através de um levantamento de informações junto aos diferentes atores que se relacionam com o jardim, buscando assegurar o alcance efetivo dos seus objetivos, bem como seu fortalecimento institucional, ponderando suas características peculiares e importância no contexto amazônico. A pergunta central deste estudo é como deverá ser administrado para atender às expectativas e demandas de seus usuários. Para isso foram estabelecidos três objetivos principais, que deverão auxiliar no estabelecimento de uma gestão mais adequada ao jardim. Atualmente, o documento que norteia sua gestão é o seu regimento interno, no qual está estabelecido a sua missão, seus objetivos e estrutura de gestão, sendo este um primeiro norte, contudo ainda falta um instrumento que contemple um planejamento de futuro.Improving the management of Brazilian botanical gardens:
the case of the Adolpho Ducke Botanical Garden of Manaus

Abstract

Regardless of its form of management, to achieve its goals the botanical gardens must be supported by management tools that guide the actions to be implemented, and reflect the expectations and needs of its visitors in programs and projects. The study aimed to provide subsidies to guide the management of the Adolpho Ducke Botanical Garden of Manaus, based on the perception, the demands and expectations through a survey of information from the different stakeholders that interact with the Garden, seeking to ensure the effective achievement of its goals, as well as its institutional strengthening, considering its peculiar characteristics and importance in the Amazonian context. The central question of this study is how the Botanical Garden should be administrated in order to meet the expectations and demands of its users. For that, three main goals were established, which can assist in establishing a better management of the Garden. Currently, the document that guides its management is its bylaws, which establishes its mission, objectives and management structure, being a north, yet there is still a lack of an instrument that includes planning for the future.


Palavras-chave


gestão, áreas protegidas, jardim botânico, management, protected areas, botanical garden

Texto completo:

PDF (artigo / paper)


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.