Florística de trepadeiras em fragmentos de florestas semideciduais em Uberlândia, Minas Gerais, Brasil

Betânia Cunha Vargas, Glein Monteiro Araújo

Resumo


Resumo

Trepadeira é um importante componente da composição e riqueza de espécies vegetais em florestas tropicais. Contudo, pesquisas exclusivas com esse grupo ainda são poucas no Brasil. O presente estudo teve como objetivo caracterizar a composição florística e aspectos ecológicos de trepadeiras em três fragmentos de florestas semideciduais em Uberlândia, MG. Para o levantamento florístico foram realizadas coletas mensais de março de 2010 a março de 2011. As espécies foram classificadas quanto ao hábito trepador, modo de ascensão e dispersão. Para calcular a similaridade florística entre as áreas utilizou-se o índice de Jaccard. Nos três fragmentos de floresta semidecidual estudado foram identificadas 99 espécies incluídas em 25 famílias e 62 gêneros. No fragmento da Fazenda São José (FSJ), Fazenda Experimental do Glória (FEG) e Fazenda Irara (FAI) encontrou-se 71, 53 e 52 espécies. As famílias mais ricas em espécies foram Bignoniaceae (16 espécies), Malpighiaceae (12), Sapindaceae (11) e Fabaceae (10). Houve o predomínio de espécies lenhosas e anemocóricas. As espécies dotadas de gavinhas foram as mais numerosas no fragmento da FSJ, enquanto na FEG e na FAI predominaram espécies volúveis. A similaridade florística entre os fragmentos foi menor que 50% indicando baixa similaridade entre as nossas áreas de estudo.

Floristics of climbing plants in semideciduous forest fragments at Uberlândia, Minas Gerais, Brazil

Abstract

Climbing plants are an important component of the composition and richness of plant species in tropical forests. However, research focused on this group is still rare in Brazil. This paper aimed to characterize the floristic composition and ecological aspects of climbing plants in three fragments of semideciduous forest in Uberlândia, MG. For the floristic surveys plants were collected monthly from March 2010 to March 2011. The species were classified according to climbing habit, climbing strategy and dispersion. To calculate floristic similarity between the fragments we used the Jaccard index. We identified 99 species in 62 genera and 25 families. A total of 71, 53, and 52 species were recorded, respectively, at Fazenda São José (FSJ), Fazenda Experimental do Glória (FEG) and Fazenda Irara (FAI) fragments. The most species-rich families were Bignoniaceae (16 species), Malpighiaceae (12), Sapindaceae (11) and Fabaceae (10). Overall, there was a predominance of woody and anemochoric species. Species with tendrils were most numerous in FSJ, while in FEG and FAI there was a predominance of twining species. Floristic similarity between fragments was less than 50% indicating low similarity between the study areas.


Palavras-chave


forófito; modo de escalada; similaridade florística; host tree; climbing strategy; floristic similarity

Texto completo:

PDF (artigo / paper)


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.