Orchidaceae em afloramentos rochosos do estado de Pernambuco, Brasil

Edlley Pessoa, Marccus Alves

Resumo


Em Pernambuco, além da Floresta Atlântica costeira, e dos Brejos de Altitude, as encostas orientais do Planalto da Borborema também são regiões ricas em espécies de Orchidaceae. Os afloramentos rochosos são comuns e têm sido indicados com uma das áreas mais representativas para a família no Nordeste do Brasil. O presente trabalho teve como objetivo inventariar a flora de orquídeas da área. Excursões foram realizadas entre 2005 e 2013, contemplando afloramentos rochosos de 13 áreas. Foram encontradas 29 spp. pertencentes a 18 gêneros, sendo Habenaria (seis spp.) e Epidendrum (quatro spp.) os mais representativos. Entre as espécies catalogadas destacam-se Acianthera prolifera e Octomeria alexandri como novos registros para Pernambuco, e Phragmipedium sargentianum que consta na lista de espécies ameaçadas de extinção no Brasil. As espécies são amplamente distribuídas a restritas na sua distribuição, dentre as quais, nove são endêmicas do Brasil. Este estudo corrobora informações anteriores sobre a elevada riqueza e abundância de Orchidaceae nas formações vegetais dos afloramentos rochosos, incluindo muitas espécies endêmicas. Apesar disto, poucas unidades de conservação no estado de Pernambuco englobam esse ecossistema tão importante.Orchidaceae from rocky outcrops of Pernambuco, Brazil

Abstract

Besides the Atlantic Coastal Forest and the Brejos de Altitude in the state of Pernambuco, the eastern slopes of the Borborema plateau are also rich in species of Orchidaceae. Rocky outcrops are common and have been cited as one of the most representative sites for the family in Northeast Brazil. This study did a survey of the orchid flora on rocky outcrops in this state. Fieldwork was conducted from 2005 to 2013, and rocky outcrops from 13 different areas were visited. A total of 29 species and 18 genera were found. Habenaria (6 spp.) and Epidendrum (4 spp.) are the most representative genera. Of species recorded here, Acianthera prolifera and Octomeria alexandri are highlighted as new records for Pernambuco, and also Phragmipedium sargentianum which is on Brazil's endangered species list. The species are either widely distributed or have a restricted distribution; nine of these species are endemic to Brazil. This study confirms previous data on the great diversity and abundance of Orchidaceae in rocky habitats, including several endemic species. However, very few conservation units in Northeast Brazil contain this important ecosystem.



Palavras-chave


Caatinga, ecossistemas montanhosos, flora, Floresta Atlântica, inselbergs, montane ecosystems, flora, Atlantic Forest, inselbergs

Texto completo:

PDF (artigo / paper)


Esta publicação é filiada à ABEC

Licença Creative Commons
Rodriguésia - Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported License.
A licença se aplica a todos os trabalhos disponíveis no site rodriguesia.jbrj.gov.br.